27 anos da RFCC, uma linda história de amor.

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Jaraguá do Sul é uma entidade com atividades desenvolvidas nesta progressista comunidade , servindo também aos municípios vizinhos. A RFCC é uma instituição reconhecida e admirada, conquistou os corações das pessoas e com sua Equipe brilhante, de valorosas, dedicadas e atuantes voluntárias, atua com muita qualidade no apoio as mulheres com câncer e na prevenção desta terrível doença. As voluntárias são mulheres das mais variadas origens, classe social e idade, porém todas irmanadas pelo desejo de servir, de dar esperança.

Tive a alegria de compartilhar o nascimento desta grande idéia no ano de 1987 junto com um grupo de motivadas mulheres, que sentiam a necessidade urgente de implantar na Comunidade estes serviços, e rapidamente fundamos a RFCC de Jaraguá do Sul. Fui eleita a 1ª Presidente, e no final do mandato de dois anos fui reeleita para mais um período. Lembro o dia que abrimos as portas do Posto de Saúde para marcarmos as primeiras consultas…eram quase 300 mulheres que queriam agendar a sua hora…Tudo fluiu maravilhosamente. A comunidade aplaudiu a idéia, contribuiu, esteve presente solidariamente em todos os momentos. Em menos de 4 anos construímos a sede própria. Foi uma verdadeira e empolgante corrente de solidariedade. Um sonho! As pessoas foram movidas por sentimentos nobres, como, união, fraternidade, amor ao próximo, e esta é a marca dos serviços que a RFCC realiza deste o seu início até os dias de hoje ao lado de uma infra estrutura fantástica graças aos empresários, a comunidade, as voluntárias que não mediram esforços para a realização deste sonho.

Porém também tive uma grande tristeza…como presidente contava com mais de 100 mulheres voluntárias vestindo cor de rosa, mas a primeira voluntária que perdemos foi Dilva, minha amada mãe, e de câncer.

Mais tarde outa diretoria homenageou minha mãe , pelo fato de ter sido a primeira voluntária que perdemos e de câncer, com o seu nome em um local muito usado na sede própria –

Auditório Dilva Jahnke.

Porém este acontecimento, esta perda, me deu mais forças, mais energias para continuar lutando pela prevenção do câncer…dizia que a Rede Feminina foi a filha que não tive…e lutei muito pela consolidação com sucesso desta entidade que preencheu uma grande lacuna existente na nossa comunidade e arredores.

Lembro emocionada do discurso, na inauguração, do Dr. Fernando Sprigmann, médico que durante muitos anos serviu voluntariamente a Rede, e que disse: “se esta instituição durante a sua existência salvar apenas uma vida, já valeu a pena a sua existência”. Hoje, passados 27 anos podemos afirmar que a RFCC não apenas salvou uma vida, mas muitas vidas, deu assistência para muitas pacientes sem rumo, proporcionou calor humano e muito amor ás mulheres necessitadas e aos seus familiares.

Difícil citar nominalmente voluntárias, colaboradores, contribuintes, que foram e são pilares fortes e imprescindíveis nesta linda história de amor dos 27 anos de existência da RFCC de Jaraguá do Sul. Porém é dever de justiça e gratidão agradecer e aplaudir a todos e a todas que tem o seu nome e o seu coração envolvidos nesta linda história, personagens de muito valor, que certamente por dádiva divina, sempre serão abençoados e aplaudidos.

Presto a minha homenagem a todas as Presidentes e suas Equipes, as voluntárias, muitas lembradas com saudades, aos colaboradores, a imprensa, aos Poderes Públicos e a comunidade, pela constante presença e efetiva participação nesta linda história de amor – RFCC 27 anos.

Obrigada atual e valorosa Presidente Nina, parabéns e muito grata pelo belo trabalho…

Hoje nossa Rede está se preparando para conquistar um novo espaço, maior, para continuar seu atendimento de maneira elogiável.

VIVA A REDE FEMININA DE COMBATE AO CANCER de Jaraguá do Sul, que é linda demais!

ROsane Teresinha – Presidente 1987/1991